O que você vai ser quando crescer?

O que você vai ser quando crescer?

o final de semana estava voltando para casa e de repente toca a música “Pais e Filhos”, do Legião Urbana. Depois de tantos anos sem ouvi-la, aquela música disparou uma série de memórias da minha adolescência.

Lembro-me como se fosse ontem da conversa sobre porque o céu era realmente azul e minha resposta preferida para o que eu iria ser era: vou ser gente grande! (risos). Quando somos crianças nossos pais e familiares costumam perguntar com certa frequência: o que você vai ser quando crescer?

As respostas são as mais variadas e divertidas possíveis: modelo, astronauta, professora, bombeiro e por aí vai. Uma pergunta relativamente boba e sem nenhuma maldade vai sendo repetida por anos e anos, contudo, depois de um certo tempo ela começa a ganhar uma nova conotação. Deixa de ser uma pergunta inocente e fica séria, “exigindo” uma resposta.

Depois de um certo tempo ela, inclusive, começa a demandar cautela. Especialmente quando estamos nos aproximando do famoso vestibular. Nessa época você, por acaso, já ouviu um amigo de um primo distante dizer para o filho: “Você está louco? Como você imagina viver disso?”. Eu já ouvi…

Por isso eu te pergunto: o que você QUER SER? O que faz o seu coração disparar? O que faz o tempo voar e você nem perceber? O mundo está mudando. Inclusive, existem estudos que dizem que as profissões como conhecemos hoje deixarão de existir. E isso não sou eu que digo, é a Singularity University, que fica no Vale do Silício e é estruturada por ninguém menos que a NASA e o Google. Tenho várias pessoas que me inspiram e uma delas estava fazendo um curso por lá. Ela compartilhou nas redes sociais várias informações do que ia acontecendo, do que ela ia aprendendo…

 

Uau… Simplesmente incrível o que já está se debatendo por lá. Já parou para pensar que esta pergunta somente remete ao título que você terá? Quantas vezes as pessoas perguntaram sobre você e a resposta foi a atividade que você exerce?

Quantas vezes as perguntas já não foram direcionadas para saber a atividade que você exerce? É isso mesmo que você vai ser? Trabalhar no mundo do direito vai definir a pessoa que você é? Você é advogado. Jura que você é isso?

Eu sou muito mais do que isso! Eu sou perfeita com todas as minhas imperfeições, eu sou risonha, eu sou cheia de emoções, eu sou filha, eu sou irmã, eu sou esposa, eu sou chorona… eu sou tudo que eu puder ser. E aí? O que você quer ser? Qual a escolha que você fará AGORA?

Vou adorar ler!

 

Thais Lima 

Coach e Mentora de Gestão de Tempo com Propósito e Especialista em Felicidade e Realização Profissional

 

Fonte: www.eusemfronteiras.com.br

Artigo: https://www.eusemfronteiras.com.br/o-que-aprendi-ao-enfrentar-a-morte/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *